Cultura Cristã 

Para sua edificação espiritual, com uma linguagem inspirada e dinâmica, objetivando despertar homens valorosos, que sem dúvida farão a diferença nos dias atuais. Venha crescer na graça e no conhecimento de Deus, desfrute das preciosas novidades e estudos bíblicos que certamente, contribuirá muito para seu crescimento e maturidade cristã.

Bem vindo! 

Este Ministério Evangélico Educativo surge com a finalidade de investir na valorização da história e prática do cristianismo. O objetivo é despertar e motivar os cristãos a darem continuidade a esse percurso abençoador e enriquecedor da vida humana, o verdadeiro estilo de vida pautado nos ensinamentos bíblicos.

Com o investimento em sua grande missão e já declarando a sua vitória sobre a cruz e sobre todo mal tempo que haveria de vir, tanto para ele, como para todos os seus seguidores, Jesus Cristo focando no seu inviolável propósito, disse:
"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." (João 16:33)
Isso mesmo! Antes de passar pela cruz, Cristo o cordeiro, se mantinha firme de que o seu propósito não seria frustrado e que o preço era muito alto, mas que, o amor e o ânimo que o envolvia para cumprir o plano da salvação, eram maiores que todo o sofrimento do qual teria que passar. Nesta declaração, Jesus mostra toda firmeza em seu propósito: "...tende bom ânimo, eu venci o mundo!"
De fato, isto significa focar no objetivo, tendo o ânimo pela plena convicção de sua vitória.
Quando você admitir que em sua missão há êxito, na confiança de que a força extra da parte de Deus não vai faltar, o teu ânimo certamente não faltará.
Se você desistir por causa das barreiras, significa que elas são maiores que o seu propósito.
Nossos ideais sempre devem está bem acima dos nossos limites e nunca os obstáculos devem ser maiores que os ideais. Se uma barreira tem o tamanho de uma pedra, que o seu alvo tenha o tamanho de uma pedreira, e se a barreira tiver o tamanho da pedreira, que o seu alvo seja uma montanha, mas nunca aceite que os obstáculos impeçam a visão do teu alvo.
Na vida não existe satisfação quando não se empenha ao foco de um ideal, pois o prazer da vida reside em cada vitória e em cada desafio aceito e superado. A importância de um alvo é a importância de definir o seu perfil; identificar exatamente o que você quer e quem de fato você é. No empenho de entender e focar a sua missão e legado, irá adquirir uma definição estrutural para chegar ao seu objetivo.
Todo ser humano é criado com perfeitos sensores, com a percepção do existente, das coisas necessárias e complementares para o funcionamento de tudo que esteja ao seu redor. Somos capazes de grandes construções e conquistas.
Porém, o que mais pode atrapalhar um homem, do que ele mesmo? Precisamos nos render a essa verdade, de que somos obstáculos maiores que os obstáculos circunstanciais, ou seja, você é o seu maior problema! Eu posso ser o meu maior problema e minha maior barreira. Por isso preciso vencer a negatividade das minhas lembranças e dos meus receios.
Todas e quaisquer dificuldades que te levarem ao desestímulo, medo, tédio e derrota, sem dúvida, será por opção própria e não por forças desconhecidas, muito embora tais forças existam. Por isso, creia que o ser humano criado a imagem e semelhança do Todo Poderoso e Deus da Eternidade, tem a capacidade de vencer os próprios limites. Com base nessa verdade, o Apostolo Paulo disse: Posso todas as coisas naquele que me fortalece! (Fil. 4:13).
Quando temos medo, é porque não temos o controle sobre o próprio ânimo, sensores negativos dos traumas, lembranças de perdas, assombros, frustrações, decepções ou qualquer coisa ocasional negativa, que a nossa memória registrou.
Quando se tem coragem, é porque o medo foi vencido e as más lembranças foram encaradas e interceptadas. Basta construir uma fortaleza, um muro protetor intransponível, chamado: Fé.
O apóstolo Paulo cita uma das ferramentas que compõe a armadura espiritual de, escudo da fé para apagar os dardos inflamados do maligno. (Ef.10:16) Na verdade os dardos se referem aos pensamentos sugestivos do maligno, pensamentos de culpas, de pessimismo e de derrotas que apontam para um ser tão indefeso e incapaz do qual somos.
Enfim, nenhuma barreira dos conflitos existenciais, pensamentos abstratos e nada semelhante a seus medos, suas fraquezas e vulnerabilidades e nem mesmo aquele labirinto complexo de caminhos sem saídas, nada, absolutamente nada, será maior do que o seu propósito muito bem definido pelo seu bom ânimo.
Vamos lá! Foque no seu propósito pelo bom ânimo que vem daquele que te fortalece!
Shalom Adonai!
Pr. Aroaldo de Oliveira