Cultura Cristã 

Para sua edificação espiritual, com uma linguagem inspirada e dinâmica, objetivando despertar homens valorosos, que sem dúvida farão a diferença nos dias atuais. Venha crescer na graça e no conhecimento de Deus, desfrute das preciosas novidades e estudos bíblicos que certamente, contribuirá muito para seu crescimento e maturidade cristã.

Bem vindo! 

Este Ministério Evangélico Educativo surge com a finalidade de investir na valorização da história e prática do cristianismo. O objetivo é despertar e motivar os cristãos a darem continuidade a esse percurso abençoador e enriquecedor da vida humana, o verdadeiro estilo de vida pautado nos ensinamentos bíblicos.

Você já observou elefante no circo? Durante o espetáculo, o enorme animal faz demonstrações de força descomunais. Mas, antes de entrar em cena, permanece preso, quieto, contido somente por uma corrente que aprisiona uma de suas patas a uma pequena estaca cravada no solo. A estaca é só um pequeno pedaço de madeira. E, ainda que a corrente fosse grossa, parece óbvio que ele, capaz de derrubar uma árvore com sua própria força, poderia, com facilidade, arrancá-la do solo e fugir.
Que mistério! Por que o elefante não foge?
Há alguns anos descobri que, por sorte minha alguém havia sido bastante sábio para encontrar a resposta: o elefante do circo não escapa porque foi preso à estaca ainda muito pequeno. Fechei os olhos e imaginei o pequeno recém-nascido preso: naquele momento, o elefantinho puxou, forçou, tentando se soltar. E, apesar de todo o esforço, não pôde sair. A estaca era muito pesada para ele. E o elefantinho tentava, tentava e nada. Até que um dia, cansado, aceitou o seu destino: ficar amarrado na estaca, balançando o corpo de lá para cá, eternamente, esperando a hora de entrar no espetáculo.
Então, aquele elefante enorme não se solta porque acredita que não pode. Para que ele consiga quebrar os grilhões é necessário que ocorra algo fora do comum, como um incêndio, por exemplo. O medo do fogo faria com que o elefante em desespero quebrasse a corrente e fugisse.

Muitos se sentem inexperientes, incapazes e preferem se render ao velho e costumeiro cotidiano... Mas só tentando novamente, com fé e coragem é que conseguirão arrebentar estas correntes que os prendem as fraquezas.
Não fiquem esperando que o circo venha a pegar fogo, a hora de começar a agir é agora!!!
Geralmente o contínuo fracasso que ocorre na vida de muitas pessoas, é pela falta de disposição, em virtude de um passado acorrentado por decepções e frustrações. Por esta razão se acomodam num ritmo rotineiro de uma vida sem construções e sem objetivos.
Quebre agora mesmo a corrente de traumas que te aprisionaram, invocando a verdade que liberta, dizendo: Jesus Cristo tu és o meu libertador e meu único Salvador.  

Cultura Cristã - Pr. Aroaldo de Oliveira