Resista a APOSTASIA

15 OUT 2017
15 de Outubro de 2017

Está escrito: E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. (Mateus 24:12)

Como está a sua fé? Se estiver ficando pequenina, é possível que seja a falta de apetite espiritual, pois o que alimenta a nossa fé é a Palavra de Deus. “Não só de pão o homem viverá, mas de toda a Palavra que procede da boa de Deus.” (Mateus 4:4)

“De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Romanos 10:17)

Lembro-me do tempo em que as pessoas diziam:

Preciso muito ir a igreja, pois não estou me sentindo bem!

Pois é... O tempo passou e parece que muita coisa mudou...

Hoje, quando convido pessoas para irem a igreja, a maioria dessas pessoas responde:

“Não posso ir a igreja, pois não estou me sentindo bem...”

A pergunta é: O que será que está errado, a ineficácia da igreja ou a falta de fé?

Quem respondeu a ineficácia da igreja, acertou! Quem respondeu a falta de fé, também acertou!

Triste, mas tal ineficácia é resultado da falta de fé, ao passo que a falta de fé, se expande pela ineficácia... Poxa vida, aí complicou!

Bem, se a fé vem pela pregação da Palavra de Deus, o que será que aconteceu? Aconteceu que trocaram a inspiração da Palavra pela oratória da ciência humana; trocaram a sabedoria do alto, pela inteligência da terra; as manifestações do sobrenatural, pelos resultados da lógica; a convicção das coisas impossíveis, pelo mero otimismo das possibilidades; as menções dos feitos de Deus, pelas proezas das vaidades humanas e pessoais.

Sem dúvida alguma, a alegria e a esperança de herdar a glória eternal, têm sido substituídas pela ansiedade da conquista de um empreendimento bem sucedido. Um patrimônio na terra, tem sido mais desejado do que as riquezas da pátria celestial; as dádivas mais importantes, que os dons; os templos, mais valorizados do que a igreja; as canções mais valorizadas que o ato da adoração; o ego mais evidente que o reconhecimento do mover do Espírito.

Busquemos escapar desse tempo de trevas, onde a fé entrou num ritmo de esfriamento nesses últimos dias, pois assim diz as escrituras:

“Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; “ (I Timóteo 4:1)

Mas vamos a uma observação indispensável: Enquanto a nossa oração continuar sendo como súplica do desespero ao invés de ser júbilo de esperança, continuaremos enfraquecidos. Enquanto vivermos como pedintes intranqüilos e desesperados, deixaremos de ser adoradores, gratos, com vozes de júbilo. Pois é... Enquanto você for apenas você, será exatamente só você, limitado, impotente, condicionado a lógica e ao óbvio, certamente que a sua vida experimentará previsíveis fracassos, porém se a sede de Deus e o apetite pelas verdades bíblicas, acontecer, você sempre se sentirá bem e jamais estará distante da igreja de Cristo, onde a comunhão com as pessoas de fé e o bom relacionamento com o Espírito Santo te proporcionará maravilhosas experiências com Deus, de modo que evitará a danosa ineficácia de um tempo morno e de apostasias. Queremos resultados da fé na confiança em um Deus que tem todo poder e jamais as frustrações das organizações de homens, cujo interesse maior é de coisas terrenas.

Busque a Palavra e tenha fé!

Shalom Adonai!

Pr. Aroaldo de Oliveira

Voltar